sexta-feira, 17 de abril de 2020

Bat Kinder Ovo


Dando continuidade na Bat-coleção de baixo orçamento do Bat-Bugigangas, demos uma olhada nas surpresas do Kinder Ovo com a coleção da Liga de Justiça

terça-feira, 31 de março de 2020

Digital Justice no Bat-bugigangas Review - A aventura mais cyberpunk do Homem-Morcego



Capa da revista Batman Digital Justice
Eu fiquei muito impressionado quando sai do cinema após assistir Batman de Tim lançado nos EUA em 1989 e exibido no brasil lá pelo final de 1990. Naquela época não tinha esse negócio de estreia simultânea os filmes demoravam a chegar, ainda mais em cidade pequena de Santa Catarina. Foi após esse filme que comecei a gostar muito mais do personagem do Cavaleiro das Trevas.
Já fazem quase trinta anos que nesse mesmo período ganhei de um amigo uma edição da HQ Digital Justice do Batman, sem a capa.  Mesmo assim sem capa, essa publicação me causou um enorme impacto e se tornou um dos meus itens mais valiosos, anos depois eu penei atrás de sebos para achar uma edição intacta e bem conservada. Olhando hoje para os desenhos e visual da revista, julgaríamos como datada e velha. Mas para época que foi lançada o impacto foi forte. A arte da revista foi feita totalmente por computação, sem desenhos a mão. Essa é uma tendência que não vingou, por que logo depois os computadores forma utilizados para ampliar os traços e principalmente as cores. Hoje mesmo sendo possível desenhar direto na tela do computador a habilidade manual dos desenhista ainda são super valorizadas como diferencial.  Mas o fato curioso é que os computadores da época, mesmo os mais avançados não tinham uma boa qualidade gráfica. Os pixels dos desenhos são enormes, ficando parecendo que toda a revista é um jogo de mega drive. Bom até poderia ser se não fosse a história que, particularmente acho bastante impactante, principalmente para a época.

Detalhe do quadrinho Batman Digital Justice que mostra o neto do Comissário Gordon encontrando recortes de jornal sobre o Batman em um Gothan city do futuro
O neto do comissário Gordon é candidato a vestir o manto do morcego para fazer valer  a justiça digital. 

 Mesmo com baixa resolução de imagens, existe momentos bastante fortes onde a habilidade gráfica consegue excelentes resultados  de composições com cores e elementos visuais que geram um ambiente soturno, porém colorido no que se poderia configurar como o gênero chamado de cyberpunk. Sim cyberpunk, aquele que tem como definição uma sociedade tecnologicamente desenvolvida, mas com pouca qualidade de vida "High tech, Low life", normalmente despótica e onde os indivíduos cyberpunks lutam e resistem contra as regras opressoras do sistema, como na definição do escritor de Neuromace Willian Gibson. E é justamente isso que acontece em Batman Digital Justice. Na história a sociedade está corrompida e comandada por um vírus de computador criada pelo próprio Coringa. Ainda temos traficante de drogas mutagênicas gangues de neonazistas, um submundo de corrupção e a mídia manipulando informação e exercendo o controle mental da população. Opa, isso não se parece alguma um pouco com hoje em dia? Sim parece. E temos até um caráter um pouco preditivo, visto que já fazem trinta anos da publicação da obra. Somando isso tudo a uma atmosfera para lá de violenta, com alguns momentos bem hardcore.  

Pagina da hq Batman Digital Justice que mostra as gangues no Gothan City do futuro

Ganges e neofascistas fazem parte do cotidiano distópico da Gothan City do futuro

Na contramão temos o policial Jim Gordon, neto do comissário Gordon que está lutando por justiça. Quando a coisa fica feia um antigo programa de computador que contem o código de justiça do Cavaleiro das Trevas é reativado e passa a ajudar o novo Batman a fazer Justiça no ambiente real e digital.
Uma das coisas que mais me chamam a atenção em uma obra de ficção é a criação e o desenvolvimento dos personagens. No caso de Digital Justice tem muitos personagens interessantes. Eu gostei bastante da caracterização dos vilões como o senhor do crime, o homem da mídia e o homem da lei, são como se fossem os capangas do coringa mais muito mais sofisticados. Jim Gordon e Bob Change, ou Aka Batman e Robin são bem moldados. No início Jim parece com o policial Richard Decard de Blade Runner, mas desenvolve legal. O Robin tem a mesma rebeldia de sempre, porém bem dosada. Já a Mulher Gata é uma estrela de rock, filha da prefeita de Ghotan, que também é uma das vilãs, parece bem mimada e revoltadinha, diferente da original o que ficou meio esquisito.  

Robin lutando contra o cartel do Senhor do Crime no revista Batman Digital Justice
O Robin do futuro tem até um hoveboard...

Porém o problema todo, pelo menos o que eu acho está no desfecho da história a luta final entre os vírus coringa e programa Batman não é bem resolvida ficando umas pontas soltas o que se tentou fazer como um espetáculo visual das habilidades gráfico computacionais do autor, e conseguiu, ficou meio que devendo para a história em si. O que é uma pena, por que um desfecho melhor teria mantido essa obra mais tempo na memória dos fãs.
Enfim essa é uma obra que envelheceu e está esquecida nos sebos da vida. Ela nem é considerada como um crossover oficial do homem-morcego. Mas dado ao contexto histórico e aos elementos futuristas que incorporou e que tem respaldo na nossa realidade atual,  acho que deveria ser relançada como edição especial comemorativa, por que mesmo que meio offshore, tem bastante coisa a acrescentar na mitologia do homem que se veste de morcego.

Pagina da Revista Digital Justice onde o Batman foi capturado es está passando por um processo de digitalização



sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

A queda do morcego...


Viralizou esta semana o pacote que o dublê do BatPattison levou com a Batmoto.


sábado, 28 de dezembro de 2019

Bat-Bugigangas review #3



Segue o review de algumas peças garimpadas em feiras e mercados de pulgas.

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Coringa na Batalha de Rap!!!


Estou tentando fazer um compilado do que saí de mais estranho e bizarro na internet sobre o filme do Coringa, e olha que tem coisa para caramba. 
Quando me deparei com esse vídeo Galo Frito tive que fazer um post a parte. Os caras mandam muito bem na rima. O defeito desse vídeo é que é curto por que ficou legal demais. 

E já que estamos aqui vamos relembrar outros clássicos.




E eu não podia deixar de compartilhar um dos melhores vídeos da internet. 





segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Bat customização


Spider Demente, o moleque fez uma baita customização do um boneco do velho morcegão que ficou irado. Curti os detalhes do cinto da lança de kriptonita.



Aqui o cara do canal JDM Reviews & ToyMakeov trasnforma o Hulk em um Bane bem malvadão.



E como bonus tem esse Batchu, que é a trasnformação do Picacho em Batman direto da canal Eureka! com Hugo Rodrigo.



sábado, 31 de agosto de 2019

Bat Brega


Não tem nada mais brega do que misturar Batman com os Vindadores... Mas eu gostei da musiquinha...

Aproveite para encontrar Bat-Bugigangas muito legais e com preço especial na nossa lojinha da Amazon.com  https://amzn.to/2ZIVpFc


quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Ana Maria e SiD analisam o acervo de bonecos do Bat-Bugigangas


Colecionar ou não colecionar eis a questão. Em todos esse tempo com o Bat-Bugigangas começo a colecionar algumas coisa  para, começo, para e assim vai. colecionar de verdade é uma arte e é para poucos. Conheço alguns colecionadores fanáticos e é praticamente uma vida dedicado a isso. 
Em se tratando de Batman as coleção pode ser absurdas. Tem de tudo e o peço dos objetos podem chegar a cifras astronômicas o que definitivamente não é o meu caso.  
Eu gosto de figuras pequenas, não gosto muito das grandes. Gosto de pagar pouco, por isso procuro em mercado de pulgas ou troco por ai. 
Aproveitado as habilidades de youtuber da minha pimpolha  que estão surgindo fizemos um review da  nossa Bat Coleção de bonecos. alguns ficaram de fora, vamos ter que fazer um segundo vídeo.


sábado, 6 de abril de 2019

Coringa lança um trailer sensacional, será que o filme vai ser tão bom quanto?


Saiu o trailer do filme do coringa e a internet ferveu com uma tonelada de reacts, analises e outros comentários.

 Fiz questão de assistir várias vezes para não cair na onda de todo mundo que elogia na fase do trailer e depois reclama que não gostou disso ou daquilo quando o filme estreia. De cara é notável que o filme vai bem além dos clichês de filmes de super heróis, percebe-se que é outra coisa, é um filme adulto por assim dizer. Parece que a evolução da história, que vai fundo no psicológico do personagem, inicia com cara quase normal e via crescendo até o ápice do lunático insano. Tudo embalado com uma lindíssima trilha sonora que segue o mesmo desenvolvimento. Se fizer isso bem feito, vai marcar um golaço.

Na primeira vez agente procura por sinais de Heat Ledger, mas logo percebe-se que o ator que interpresta esta nova versão, Joaquin Phoenix, cria algo novo que será incomparável acredito, mas tão bom quanto. Consegue ser tão intenso com e sem a maquiagem de palhaço. 
 Fico tentado a não alimentar muitas expectativas por que ultimamente os trailers são melhores que os filmes, especialmente em se tratando da DC, mas vai ser difícil.

 “Sou só eu ou o mundo está ficando mais louco”

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Bat-Tirinha


Nem sempre foi boa a relação de entre Gordon e o Homem-Morcego. 
Enfim chegou minhas férias, hora de ressuscitar o Bat-bugigangas...

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Bat-Bugigangas Review #1 - Noite das Trevas Metal


Segue ai o primeiro vídeo de review do Bat-Bugigangas. 
Confesso que não acompanho mais como antes as HQs que são lançadas, mesmo por que eu gosto de comprar em banca de revista e por aqui onde moro isso anda bem escasso. Mas como achei esse numero um, comprei para ver se dá para seguir até o final. 
Olha fiquei bem surpreso  com a qualidade da impressão. Os desenhos e as cores vibrantes são muito legais. Já a história promete muito, inciou com um tom muito sombrio e psicótico. Estou até ansioso para ler os próximos números. 

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Nano Figura Batman 66 - Unboxing


Ando interessado em experimentar coisas novas para o Bat-Bugigangas, aproveitei para fazer um uboxing desta figura de metal do Batman de Adam West. Gostei do resultado em já estou fazendo mais coisas. Aproveita e da um like ou um dislike só para eu saber se alguém assistiu. 

domingo, 4 de março de 2018

Fan film brasileiro sobre Batman disputa prêmio nos EUA.


Lembro muito bem e até postei aqui no Bat-bugigangas a tempos atrás sobre um blog de pré-produção de um fan filme sendo feito no Brasil sobre Batman.  Eu tinha muita curiosidade de saber como ficaria o resultado final. Agora nesta semana li uma noticia de que o filme participou de um festival em Los Angeles , o Fan Film Awars 2018, achei muito legal. 

A Batman's Tale: In the psychosis of the Ventriloquist TRAILER from Elvis Vive Produções on Vimeo.

Um Conto de Batman – Na Psicose do Ventríloquo, já levou outros prêmios lá fora, mas infelizmente parece que ainda é pouco conhecido por aqui.

Você pode assistir ao filme completo no Vimeo, porém, sugiro que você reserve um tempo para isso. O filme é um longa metragem, tem quase 90 minutos. Como é uma produção de baixo orçamento, o diretor Elvis delBagno  investiu 100 mil reais do próprio bolso em 4 heroicos anos de produção. O filme é bem carregado com ambientação mais pesada e momentos surreais. Agora para quem curte produções mais alternativas isso é uma grane oportunidade.  Ângulos de câmeras e sequencias ousadas. Diálogos viajadões, centenas de referências pops, um monte de personagens e um inescapável clima de cinema brasileiro. Ah, e a trilha sonora, genial, o cara usou muita coisa boa e... Raul Seixas, show.  

Quanto aos personagens, o Batman, como a caracterização não é das melhores os “truques cinematográficos” fizeram um bom trabalho. O destaque é realmente o Ventríloquo, que aliais foi uma ótima escolha já que os grandes outros vilões de Gothan são muito caricatos e difíceis de interpretar.  Com uma ótima interpretação tanto de Arnoldo quanto do boneco Scarface ficaram muito bem de acordo com o clima do filme.  

Como o filme é longo, da para ir se acostumar=ndo com o ambiente. As cenas são irregulares, mas da para ficar na expectativa do que vem a seguir. A parte do Batman sobre a van e a luta com fundo azul ficaram bem legais. Eu curti. Vou assistir de novo logo.  

Assista o filme completo aqui. 

BATMAN FAN FILM: A Batman's Tale: (Um Conto De Batman: Na Psicose Do Ventriloquo) from Elvis Vive Produções on Vimeo.



segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

10 anos sem Heath Ledger


Parece que foi ontem mas hoje fez 10 anos que Heath Ledger deixou este plano precocemente. A internet se rendeu em homenagens ao melhor, ou talvez pior versão do Coringa que o Homem-Morcego já enfrentou. Nós também tínhamos que registrar este momento.


segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Assistindo Liga da Justiça

Esse era para ser um texto tipo "primeiras impressões na saída do cinema", mas enquanto eu estava escrevendo, tinha aquele sentimento de não acreditar no que tinha visto. Então tive uma certa cautela e fui pesquisar algumas outras opiniões. Sem mutilar muito o texto inicial, segue, com uma semana de atraso as minhas impressões inciais sobre o filme da Liga da Justiça.



Assistindo Liga da Justiça

As luzes se acenderem, a maioria aplaude o filme, atrás de mim ouço alguns murmúrios de mais ou menos. Levanto e estou satisfeito. A minha frente um pai desce a escada cada com duas filhas pequenas. Lembrei  da minha filha, Ana Maria, 4 anos, adora o Batman dos anos 60. Devia ter trazido ela para assistir o filme comigo. Fiquei preocupado pela faixa etária, mas pensando bem os episódios da Layd Bug  que ela gosta de assistir acho que são mais complexos.  Opa, esse pensamento já me deixou uma pulga atrás da orelha.
Vou até a praça de alimentação, peço um combinado de sushi e uma agua com gás, recebo o pedido, sento a mesa e dou o primeiro gole na água e... Puta que o pariu! Se eu quisesse assistir um filme da Marvel teria esperado Os Vingadores 4 porra! 
O filme é divertido sim, pelo menos para assistir com o cinema lotado. Mas afinal,  o que a DC foi fazer? Eu não sei, fiquei meio perdido, deve ter sido o corte que sequelou o filme, só pode ser.  Cadê a sequencia de Batman vs Superman? Onde encaixa o sonho que o Batman teve com o Flash no futuro falando que a culpa era do Superman? O recrutamento do Aquaman foi só aquilo? Parecia que ia ter muito mais olhando pelo trailer. B v S teve muitos defeitos, mas pelo menos tinha uma história original. Esse negócio do monstrolão vindo de outra dimensão para invadir e dominar a terra juntando um, ou no caso 3 objeto de poder infiniiito já foi repetido uma meia dúzia de vezes.  A motivação do Lobo da Estepe deveria ser mais profunda, a DC era capaz de caprichar mais nisso.
E o humor, ah o humor. Muita gente reclamou que os filmes da DC eram sisudos, ai os cara ao invés de dar uma aliviada, esculhambaram de vez, por pouco não vira pastelão.  O flash ficou legal como alivio cômico, mas toda hora que aparece tem que soltar uma piadinha, forçou a barra, poderia ser mais natural. Sinceramente, tá me dando uma vontade de assistir Batman vs Superman, agora. 
A melhor sequencia foi claro, a do renascimento do Superman e a melhor parte foi o olhar do Super para o Flash enquanto segura os outros membros da liga. Não gosto muito do termo, mais essa mitou. Foi tenso, pensei que a partir dai ia ser do caralho, o Super ia colocar o uniforme preto, ficar malvadão tipo “Cemitério Maldito” mesmo e descer a porrada geral, mas não foi. Parece que o fato de ter renascido fez efeito ao contrário, deixando-o mais bem humorado.
Mas falando dos personagens o Superman poderia ser  o melhor se tivesse se mantido um pouco mais próximos aos filmes anteriores, A cena final junto ao Ciborge parece que tivemos um salto dimensional para um filme da Marvel e retornamos em seguida.
A Mulher Maravilha é aquela maravilha, mas ficou um pouco sem sal.
O Ciborge, que é um personagem que gosto muito,  na cena de recrutamento pareceu soturno, com um dilema mais pesado mas ao longo do filme parece que via se abobalhando.
E o Aquaman? Cara foi um desperdício, tem um puta potencial mas cadê? Pouco contribuiu, até a cena em Atlântida passou muito rápido mal deu para entender  o que aconteceu. O pior foi com a parte do laço da verdade, putz da onde saiu aquilo.
Quanto ao flash já falei acima, só confirmando que poderia ser bem melhor devido ao potencial do ator e personagem.
Mas o Batman...    Deus o que foi aquilo? Não é atoa que o Bem Affleck pediu para sair. Neste filme vemos um Batman sorridente, fazendo piadas e perdendo tendo que ser motivado pela Mulher Maravilha. Nãooooo.  Pode-se fazer  muita coisa nos filmes mas o Batman deve ser soturno, solitário, ter uma determinação inabalável. E as bat-bigigangas que são sempre um interesse particular estavam lá. Esse batmóvel dos ultimo filmes esteticamente não me agrada muito, mais é muito funcional. O transportador que parecia bem mais interessante nas artes conceituais pareceu uma caixa com asas esquisitas. No final aparece a Bat-wing mas não foi usada. Sei lá acho eu essa era pós Nolan está devendo no designe. Ah, sim teve a Mercedes do Bruce Wayne. Minha opinião, forçada como o resto do filme, poderia ter sido um carro mais discreto, mas tinha que ser preto.  Este filme matou de vez o Batman de Ben Affleck. Isso na verdade tem um lado bom, é uma oportunidade de iniciar um novo conceito, va os ver como vai ser o filme solo.
Finalizando, percebemos que este filme da liga ficou totalmente perdido, é um desperdício de potencial devido ao legado que os personagens trazem de uma longeva trajetória.  Certamente via servir para gerar uma enxurrada de memes e paródias nos próximos meses.  Para o Bat-bugigangas isso é bom. Provavelmente via ser o vencedor do Framboesa de Ouro deste ano. Vale a pena ver? Vale, mas é um filme que vai repetir muito na teve em um futuro próximo. Porém infelizmente não é um filme memorável, não fica na sua cabeça quando você sai do cinema.

Nota: a homenagem ao David Bowie e ao Prince no início foi legal mais ficou apagada pelo resto do filme.

Nota 2: Momento paranoia.
Muito além da sala do cinema. Parece que ultimamente,  para entender esses filmes é necessário assistir atentamente todos os trailers, relaciona-los depois  com o filme em si e depois do filme assistir um monte de análises, criticas, cenas cortadas, easter eggs,  erros de gravação, acessar o Bat-Bugiganga e etc. Na prática, ficamos tentados a assistir mais de uma vez o filme ou ficarmos ansiosos por uma nova continuação e até mesmo uma versão estendida.  Não me surpreenderia se isso for proposital. Na onda do falem mal mais falem de mim, acho que estamos vivendo um era de programação do subconsciente para capitalizar muito mais em cima de uma obra.  Nada mais é do que Neuromarketing. Não importa se o filme é bom, é melhor que não seja, por que isso vai gerar infinitas reverberações na rede. Já vimo como essa prática funciona na política...


terça-feira, 21 de novembro de 2017

B-Team


Mal o sai um filme hoje em dia e na sequência vem uma enxurrada de paródias . Nesta o Batman reúne um trupe de heróis fracassados para formar o time reserva da Liga da Justiça por assim dizer.  As referencias são Blankman , Barb Wire , Steel e o pato Howard. Eu já assisti todos.

Batman o preparado... não espera.


"Olhe como todos estão treinando para Liga da Justica... oh, espera"

Caraca saiu o melhor meme do ano. Quem já assistiu o filme deu para notar que o morcego está um pouco desproporcional... 
Seria esse o motivo que o Ben Affleck querer fazer uma saída "elegante" do personagem?




quarta-feira, 15 de novembro de 2017

5 coisas que você pode encontrar sobre o Batman no WikiHow

Costumava consultar o WikiHow para buscar formulas de Excel, mais recentemente para buscar dicas de desenho. O site é curioso por que é feito colaborativamente em tem alguns temas bastante incomuns. Então eu pensei o que deve ter sobre o Batman por aqui, digitando o sagrado nome do Morcego no campo de busca encontramos cinco coisas interessantes mais um bônus.

1. Fazendo máscaras do Batman

Essencial para todo fã do morcegão é uma dica imperdível. O resultado depende... 



 2. Como fazer a sua fantasia do Batman

Essa é outra dica indispensável, comesse colocando a cueca sobre as calças...


3. Como ser igual ao Batman

Lute pela justiça, defenda os inocentes, use bugigangas de alta tecnologia... e fale com a voz rouca. Interessante é que tem uns aviso em baixo informando que falar com a voz rouca pode dar dor de garganta. Outro aviso importante é não pular sobre prédios, pode não dar muito certo. Outra dica importante é escolher o seu tipo de Batman, eu escolheria o do Adam West.


4. Desenhando o Batman

Dicas básicas mais bem completinhas, para que está iniciando ou é tosquinho como eu é uma boa.


5. Como lutar contra o Batman

Essa dica é interessante e curiosa. Começa com "Alcance a mentalidade do Cavaleiro das Trevas", eu diria, leia muita HQ por que os filmes não dão conta de toda a complexidade do personagem. E outras coisinhas não tão simples como "Domine o controle da dor ao obter controle máximo sobre seu corpo e mente", "Desenvolva o equilíbrio e a coordenação física" e "Aprenda a socar". 



Bônus: Como ser igual ao Coringa.

Pinte o cabelo de verde, conte piadas ruins e ria histericamente. Ah, e seja obcecado pelo Batman. Achei meio tenso, mesmo por que vida real alguns malucos já fizeram coisas realmente sérias vestidos ou insperados no Coringa. Felizmente o artigo tem alguns avisos tipo Mesmo que o Coringa de Heath Ledger tenha cicatrizes e machucados nos cantos da boca, não tente fazer isto em você; doí pra caramba e seus pais não gostarão nada disso. Genial, e Não cometa crimes, como o Coringa faz. Este artigo apenas lhe mostra como agir igual ao Coringa; não leve isto longe demais. Ainda bem. 



segunda-feira, 13 de novembro de 2017

A saga do Bat Neymar


Eu sigo alguns feeds de noticias sobre o Batman e volta e meia aparace alguma coisa do Neymar, confesso que numa me interessei, mesmo por que a maioria vem daqueles sites de fofocas e tal. 

Mas desta vez está bombando na rede um vídeo promocional para a estréia do filme da Liga da Justiça na França que coloca os atletas do Paris Saint-Germain representando os personagens do filme e ta lá o Neymar de Batman de novo.  

Esse Neymar de Batman ficou tosquinho, mas essa Bruna Marquezine hein...

Motivado pela sagaz curiosidade detetivesca do Homem Morcego, mergulhei nos confins da rede para ver o que mais é possível encontrar do nosso herói. 

El Neymar más "loco" de fiesta


Quem ai lembra do mundial de 2014 quando o lateral colombiano Juan Zuñiga deu uma joelhada no Neymar que deixou ele de atestado ficando fora do final da copa. Então achei esse vídeo com uma paródia legal do Bane quebrado a coluna do Bat Neymar.
    

Caraca, onde eu estava em 2014 que não vi isso para postar aqui no Bat-Bugigangas



Ainda em 2014 Neymar apareceu na Praça é Nossa passando vergonha alheia durante o quadro de Batman e Robin feito pelo Alexandre Brocha Frota.

Isso foi antes ou depois da prótese? 

Mas o Neymar também virou a casaca se vestindo de Coringa em festa de helloween.


 Que é isso meu rapaz, que fantasia horrível. Era melhor ter chamado o Batman

Mas o Neymar é gente boa, tira foto com cosplay de heróis da Marvel, é, bem... mais ou menos.

Nossa, essa Tempestade está entrando em transe.

E o cara tem moral, foi assinar o contrato no PSG com uma regata do Batman e ganhou um mural com a imagen associada ao Homem Morcego feia pelo artista Eduardo Kobra.



E é isso ai, temos mais um grande fã de Batman, mas o que ele faz de melhor mesmo é jogar futebol. Então vamos terminar  esta jornada com este vídeo bônus sensacional.



Bat-Bugigangas legais

Santo café da manhã diria o Robin. A  Batman 2-Slice Select Brands Toaster ( nome também é maneiro) faz torradas onde fica impresso o simbolo do morcego. Coisa incrível, alguém pode me dar de presente de natal você encontra   na Amazon por U$ 19,99 doletas. 
Tem na versão do Superman também se você preferir. 


  Achei essa dica no Blog de Brinquedo que tem muita coisa legal.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Bat Black Friday


A Black Friday ainda não começou oficialmente mas muitas lojas antecipam a programação de desconto. Mesmo assim fui dar uma olhada para ver se tinha algumas Bat-bugigangas baratas e achei esse vídeo bacaninha da LEGO.

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Polêmicos, mamilos, polêêêmiicos...

Estava atoa na hora do intervalo e recebo uma notificação de um artigo sobre os polêmicos, mamilos, polêmicos dos filmes de Joel Schumacher. Apesar da postagem fazer um alarde, na verdade era só um twitter do roteirista que está reescrevendo o roteiro do Ben Affleck sobre o  novo filme solo do Batman.


Mas como os polêmicos, mamilos, polêêêmiicos sempre rende assunto, vamos dar uma exploradinha no tema.


Só lembrando, o próprio Joel Schumacher recentemente se desculpou publicamente por ter feito o filme e explicou da onde veio a ideia dos polêêêmicos...



Mas quem se lascou mesmo com esse negócio foi o George Clooney, olha o que o cara teve que fazer para se redimir. 


E ainda o cara complementou “Eu acho que isso vai estar na minha lápide. É assim que eu vou ser lembrado.”
Mas afinal, o que seria do Bat-Universo sem esta obra? O pessoal detona geral, achou um pouco injusto. Se pensarmos em comparação a serie televisiva dos anos 60, esse filme será considerado um clássico no futuro. Talvez leve mais 10 anos, hum.. talvez uns 20 anos.
 Afinal, eu particularmente me divirto com o filme, assisti recentemente até. E vocês o que acham?

Para que não quiser assistir o filme inteiro pode checar os polêêêmiicos neste trailer honesto de Batman e Robin.





Copiei descaradamente os prints do Cromossomonerd, O Vício e Amigos do Fórum 

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Onde está o Robin?





Agora você saber por que o Robin não apareceu mais nos filmes do Homem-Morcego.
O Porta dos Fundos  não perdoa, segue mais algumas Bat-Avacalhações...



quarta-feira, 26 de julho de 2017

O bigode de aço


Depois da história que o bigode de Henry Cavill ter que ser apagado digitalmente por causa de outro filme, o pessoal da internet não perdeu tempo e lascou uma versão bigoduda Batman vs Superman. 
Aguardem mais memes por ai... e como se diz "é pra isso que eu pago internet" kkkk.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Adam West morre aos 88 anos.



Hoje ficamos mais tristes. Mais um dos nossos heróis se vai... O melhor pior de todos...



quinta-feira, 4 de maio de 2017

Bat Balloon



Na semana passada minha filha me fez comprar um livro kit para montar esses balões de bichinhos. Com muito custo consegui montar um cachorrinho. O jacaré não teve jeito. Ai entro no youtube para pegar mais umas referências e dou de cara com essa figura que é nível ultra hard no negócio. 

Veja mais alguns  bonecos muito legais.


Visitem o canal dele, tem muita coisa legal.

Join the Balloon World, Subscribe Now
http://goo.gl/mg79n

Twitter: https://twitter.com/mbfloyd
Facebook: https://www.facebook.com/myballoonanimals/ 

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Temporada de caça ao morcego


O roteirista Tom King, que escreve os atuais quadrinhos de Batman, publicou em seu Twitter a arte de um encontro do herói com ninguém menos que Hortelino Troca-Letras. Na legenda, ele escreveu: “Temporada de caça ao morcego”.

Achei que ia ser um desenho tipo cartoon, mas essa imagem aí é muito louca. Como se diz, deram uma "Nolenzada" no Hortelino...

Copiei descaradamente daqui.
http://pipocamoderna.com.br/2017/04/batman-encontra-hortelino-em-arte-de-crossover-da-dc-comics-com-os-looney-tunes/

quinta-feira, 30 de março de 2017

Las aventuras de Batman Mexicano


Caraca, ri demais com esse Batman Mexicano. É muita, muita tosqueira. 
É o que você pode fazer de melhor com sua fantasia de cospobre. 
Só digo uma coisa jajajajajajajajajajajajajajajajajajajajaja!!!!!!!

quarta-feira, 29 de março de 2017

Zuando o trailer da Liga


Esse pessoal da rede não perde tempo quando o negócio é zueira. 
Mal saiu e já escracharam o trailer da Liga da Justiça.
Ficou divertido, vale o play. 

E como bônus uma dancinha do Bruce Wayne. Vai viralizar esse negócio.


Action figure mexicano


Olha esses bonecos mexicanos de trinta centavos de dolar. É muita tosqueira.
Fora o close que o cara do vídeo deu na bunda do super.